Consultoria infalível: um guia prático para o consultor

Trabalhar como consultor é uma atividade cada vez mais comum nesta era de empresas cada vez mais focadas em suas próprias áreas de especialidade acompanhadas por quantidade cada vez maior de profissionais atuando em caráter independente.

Outros cenários de atuação como consultor também estão em crescimento, incluindo o consultor interno, o professor que atua também como consultor, e vários perfis profissionais que agregam à sua atividade aquelas que tradicionalmente vemos como sendo "de consultoria".

O livro Consultoria Infalível é dirigido a todos esses profissionais.

Atualização renovada de um clássico do gênero (originalmente com o título de "Consultoria - o desafio da liberdade", que eu cheguei a ler no tempo da graduação), ele adota como norte a ideia de que as consultorias são construídas ao redor de relacionamentos, e não apenas da expertise do consultor – e assim desloca o foco completamente, olhando muito mais para o aprendizado do que para o ensino e reconhecendo a importância de compreender o significado real das perguntas mais do que da habilidade em oferecer uma resposta acadêmica que as atenda.

Os desafios do mundo real (incluindo nele o mundo virtual, é claro) estão presentes a cada capítulo, a exemplo do velho paradoxo que todo consultor já deve ter enfrentado: o cliente (interno ou externo) que quer ser líder inovador, mas mesmo assim quer ter certeza de que alguém já testou antes e teve sucesso no caminho que o consultor ajudou-o a encontrar.

As questões sociais e políticas internas da organização também são abordadas, incluindo os problemas práticos de conflitos entre departamentos, da necessidade de dar mais notícias, do isolamento causado por conexões eletrônicas e da possibilidade de chegar a conclusões negativas sobre a viabilidade do que o cliente originalmente buscava.

O autor, Peter Block, atua no ramo há mais de 3 décadas e nas 364 páginas de Consultoria Infalível compartilha sua visão atualizada sobre como ter sucesso nessa atividade ao mesmo tempo tão singular e cada vez mais frequente.

Comentar

Comentários arquivados