Como refrescar: vença o calor com 5 dicas práticas para o verão - que ainda nem começou

Quando o ar condicionado e a praia não são opções, as 5 dicas a seguir podem ajudar a refrescar o quarto, o escritório e outros ambientes e reduzir o desconforto até para dormir no calor, aproveitando a estação que no calendário ainda nem chegou!

Vamos às dicas de como refrescar no calor, e mais sugestões para lidar com a chegada do calor tropical.

  1. Como refrescar o quarto com um ventilador ao contrário: à noite, se a temperatura da rua estiver mais fresca que a do seu quarto, como é comum, experimente colocar um ventilador na janela - mas apontando para fora, ao contrário do que normalmente se faz. Devido aos efeitos físicos envolvidos, jogar o ar quente do quarto para fora geralmente é mais rápido e eficaz do que jogar o ar fresco da rua para dentro.
     

  2. Spray refrescante caseiro: mantenha na geladeira um borrifador (deve ter na seção de jardinagem do seu hipermercado favorito) com água pura. Quando precisar se refrescar rapidamente, borrife-se (sem encharcar! senão o efeito a médio prazo será pior) com um pouco de água fria, começando pelos pés ou pelos pulsos (para aproveitar um efeito positivo da circulação sanguínea). Tanto a temperatura da água quanto o efeito da evaporação dela farão bem. Com um pouco de procura em lojas de artigos de praia, você encontrará um borrifador integrado a um mini-ventilador movido a pilhas, que por aqui faz diferença mesmo se a água estiver na temperatura ambiente.
     

  3. Tome banho com alguma janela aberta: a saturação causada pelo vapor do chuveiro preso no ambiente impede todos os outros mecanismos naturais que o seu corpo poderia usar para reduzir a sensação do calor com base na evaporação.
     

  4. Ventilador de mesa: uso há anos um ventilador USB. Quando é necessário usar o computador no calor, poder apontar um mini-ventilador para o meu rosto reduz rapidamente a sensação de desconforto. É barato, fácil de encontrar, e basta plugar e já estará funcionando. É possível encontrar também um ventilador elétrico de mesa (tenho um em casa, da marca FAME, comprado há 3 anos e funciona bem) de baixo consumo (15W), que serve para a mesma aplicação, embora gere um pouco mais de vento e dispense o computador ツ [Vale lembrar que um ventilador sozinho não reduz a temperatura ambiente, apenas tendo efeito sobre a sensação térmica.]
     

  5. Como refrescar rapidamente: se o que você precisa é se refrescar rapidamente, coloque em uma bandeja um saco plástico bem fechado, contendo vários cubos de gelo, e posicione-a em frente a um ventilador ligado e apontado para você. Não conseguirá refrescar um ambiente, mas pode fazer você se sentir melhor. Tenha *cuidado* com a água que vai se formar, especialmente evitando que ela se combine à eletricidade do aparelho ou se espalhe.
     

  6. Comida de verão: além de se hidratar bastante ingerindo líquidos (especialmente os sem álcool, sem cafeína e sem adição de açúcar), vale a pena incluir na dieta mais itens fáceis de digerir, especialmente as saladas e as frutas - com bônus extra se você escolher as que contêm bastante líquido, como a melancia, por exemplo. Para vencer o calor não é preciso dispensar completamente o churrasco e a feijoada, mas o ideal é reservá-los para momentos em que você não terá que enfrentar o calor logo depois!
     

  7. Como dormir no calor: o "método egípcio" envolve duas toalhas grandes, uma seca e outra que você deve molhar e depois torcer (ou passar rapidamente pelo ciclo de centrifugação da máquina de lavar) para que não fique encharcada, senão não funciona. A toalha seca é colocada na cama como se fosse uma colcha, e com a toalha úmida você se cobre. Enquanto a umidade estiver evaporando, a sua sensação térmica será melhor do que a da temperatura do ambiente. Quando ela secar, é só remover, mas aí você já terá conseguido o mais difícil, que é fazer o sono surgir numa noite quente demais.

O artigo "23 ways to beat the heat", do Real Simple, também tem uma boa coleção de dicas para melhor enfrentar o calor.

Comentar

Comentários arquivados