Plugins essenciais do Wordpress: duas seleções

Quem está iniciando um novo blog e incluiu o popular Wordpress em sua plataforma pode passar por um breve período de deslumbramento com a variedade de plugins disponíveis, acrescentando as mais variadas funcionalidades: quadros contendo os posts ou comentários mais recentes, listas de artigos relacionados, links variados, animações, fórmulas milagrosas (daquelas vendidas pelos camelôs na praça) para melhorar a classificação em sites de busca, e muito mais.

Com o tempo e a experiência, muitos deles acabam percebendo que o excesso pode atrapalhar não apenas a experiência do leitor, como (e principalmente) o desempenho do servidor. E é assim que blogs com poucos milhares de visitantes diários acabam tendo problemas de hospedagem, graças à variedade de penduricalhos que seus autores ativam, e à qualidade de alguns destes penduricalhos.

Mesmo nas categorias mais populares de plugins, como os que mostram quadros de comentários e posts recentes, a qualidade é variável, e o novo usuário do Wordpress corre o risco de acabar instalando um complemento que faz bem menos do que as melhores alternativas poderiam oferecer. E há também os plugins menos conhecidos, ou os que oferecem funcionalidades que você nem mesmo sabe que poderia ter.

É daí que surge o interesse em listas de plugins, analisando as possibilidades e classificando-as, em diversas categorias. Toda semana alguém cria uma, e as melhores tendem a incluir um ou dois plugins pouco conhecidos, fazendo com que até mesmo os macacos velhos tenham algo a aprender com sua leitura.

Li recentemente duas delas que me trouxeram algumas idéias e até me levaram a adotar alguns novos plugins no Efetividade.net e no BR-Linux.org, e agora compartilho com vocês, na expectativa de que façam o mesmo e indiquem plugins interessantes nos comentários ou trackbacks deste texto ;-)

A primeira e que me interessou mais vem do Smash!ngApps, intitulada "13 Wordpress Plugins You Probably Don’t Use But Should". Entre gerenciadores de imagens e de organização da página de capa do site, encontrei o gerenciador de publicação Manageable (tão bom que vai ser incorporado ao Wordpress e deixar de ser plugin), o Featplug, que facilita a criação de um quadro de posts em destaque, e o WP Super Cache, versão aditivada do popular WP-Cache, capaz de reduzir muito a demanda por CPU e memória, além da otimização de consultas ao banco de dados que o WP-Cache já oferecia.

Além dessa lista, o site Yoast publicou outra com o nome de "11 Top WordPress Plugins Every Blog Should Have", que traz algumas opções mais populares, ao lado de outras menos conhecidas. O Redirection cuida de oferecer redirecionamentos 301 para posts cuja URL mudou, o Wordpress Automatic Upgrade automatiza os upgrades do Wordpress (há quem goste, mas eu não recomendaria seu uso em um site cuja estabilidade seja importante), o WP-DBManager, que facilita uma série de operações simples com tabelas, que muitas vezes só estão disponíveis através da interface mais arcana do MySQL ou do PHPMyAdmin (e similares), e até um esquema para atender melhor a usuários que acessam via iPhone.

O mesmo post do Yoast também tem o link para um artigo sobre como melhorar os resultados da função de pesquisa do Wordpress, cujos resultados usualmente deixam bastante a desejar quando se trata de palavras relacionadas ao tema principal do blog, e que portanto tendem a aparecer em múltiplos posts.

Propositalmente não mencionei todos os plugins de nenhuma das duas listas, assim você tem uma razão a mais para consultá-las, e depois compartilhar conosco a sua lista de plugins essenciais.

Comentar

Comentários arquivados