Como aumentar a duração da bateria do celular e smartphone

Quando nos acostumamos ao celular e smartphone, eles acabam se tornando uma extensão do escritório, ou o recurso essencial para escapar de alguma roubada. Diversas vezes recorri ao Treo para procurar nos e-mails o endereço de algum lugar quando já estava na rua em frente, mas não conseguia lembrar do número, ou para procurar no Google uma especificação técnica vital durante uma reunião, ou ainda para dar aquela última olhada num documento antes de uma apresentação importante.

Mas conforme vai aumentando a utilidade, aumenta também a dependência. Na minha experiência, a carga do Treo dura quase uma semana com uso comum, podendo ser encurtada por vários fatores, incluindo deslocamentos por áreas com pouca cobertura de celular, uso freqüente para ligações e acesso a web, longas partidas de Bejeweled 2, etc. Mas há um fator que é quase certo: eu noto que a bateria está para acabar, com poucas horas de vida, sempre que estou em alguma situação em que sei que não poderei carregá-la antes do fim do dia, que será só daqui a muitas horas.

Felizmente o Treo é versátil, e me dá uma série de opções para prolongar a duração da bateria nessas ocasiões. Vamos a algumas das técnicas que eu uso, e as que podem ser usadas em outros aparelhos:

  1. desabilitar conexões locais (bluetooth, infravermelho, wi-fi): é boa prática fazê-lo sempre, ativando apenas quando for usar. Se a bateria estiver quase acabando e você quiser preservar, é bom dar um jeito de não precisar usar!
  2. resistir a aplicativos de lazer: Jogos, fotos, ouvir uma música, assistir a um vídeo, etc. usam a CPU e o armazenamento intensivamente, além de manterem o display ligado.
  3. desativar acesso à web, e-mail e GPS: o GPS e a conexão à Internet via edge, gprs, cdma ou mesmo wi-fi envolvem transmissão e recepção constante de sinais pelos rádios do seu aparelho. Desative.
  4. desativar a sincronização automática de e-mails: se não puder ficar completamente sem acesso à Internet, ao menos desligue a checagem automática de e-mails, deixando para acessá-los só quando for lê-los.
  5. desabilitar o modo vibratório: vibracall é uma grande comodidade, mas fazer o celular chacoalhar daquele jeito consome a sua carga. O ideal para preservar a bateria é colocar o aparelho em modo silencioso, desativando inclusive os toques MP3, que exigem bastante do processador na hora de decodificá-los.
  6. desligar até mesmo a função telefone: se você não precisa do smartphone para receber chamadas, mas quer continuar a usá-lo como se fosse um PDA ao longo do seu dia quase sem bateria, desligue a função telefone, ou ative o "modo avião" presente em alguns aparelhos. Ligue novamente se precisar fazer uma chamada.
  7. desligar a função telefone ao se deslocar entre cidades: quando você passa por áreas com pouca ou nenhuma cobertura de sinal, seu celular usa o rádio em alta potência regularmente, procurando contato com alguma torre.
  8. reduzir a iluminação da tela: ajuste para 50% de brilho ou menos, e reduza o tempo de espera para desligamento automático do display. Se for possível desligar a iluminação do teclado e da tela (backlight, em alguns modelos), aproveite a oportunidade.
  9. travar o aparelho antes de colocar no bolso: ou na bolsa, ou na mochila. Isso evita que ele seja ativado sem querer. Use algum modo de travamento que impeça que o display se ilumine a cada vez que alguma tecla for apertada sem querer no seu bolso. Se o modo telefone já estiver desligado, considere desligar o aparelho inteiro antes de colocar no bolso.
  10. desligue o aparelho quando não for usar por períodos prolongados: se você for ficar sem usar por um período prolongado, durante uma apresentação ou uma sessão de cinema enquanto aguarda seu vôo, por exemplo, desligue e guarde a carga restate para tê-la disponível mais tarde.

Tem mais algumas dicas interessantes em "Top 11 Ways to Make Your Cell Phone Battery Last Longer".

Lembre-se de que tudo isso serve muito bem para fazer a bateria durar mais em um momento de necessidade, mas não necessariamente são dicas para o dia-a-dia do seu aparelho, exceto aquelas que você já conhece como boas práticas, como nunca colocar o aparelho na bolsa sem antes travá-lo.

E agora é a sua vez: o que você faz para esticar a duração da bateria do celular em momentos de apuro?

Comentar

Comentários arquivados