Emagrecer: Como perder peso de verdade, parte 1 - aprenda a gostar dos exercícios

Como emagrecer? Dietas, programas, contagem de calorias, exercícios... As abordagens para perder peso ou emagrecer variam muito, mas todos sabemos que a maior parte das pessoas que recorrem a elas acabam falhando. E fora nos poucos casos em que o insucesso é causado por más escolhas de dietas, o que impede a maioria das pessoas de concluir seu esforço de emagrecimento é a desistência devido à dificuldade de resistir a tentações ou mudar seus hábitos.

Qualquer pessoa com senso prático poderá lhe dizer que há duas abordagens básicas para perder peso de forma natural: alimentar-se de forma controlada ou fazer exercícios. Nosso artigo de hoje é sobre a segunda forma, uma prática natural e saudável de manter-se em forma e viver mais, além de ser bastante eficaz para perder a barriga.

Mas por que é tão difícil adaptar-se a uma rotina de exercícios? Simples: porque é difícil modificar hábitos, ainda mais quando a modificação exige voluntariamente realizar mais esforços ou privar-se de algo. Para fazer exercícios regularmente e isto valer a pena no sentido do emagrecimento, é necessário abrir mão do tempo que você anteriormente dedicaria a outras atividades, eventualmente expondo-se fora de forma a outros praticantes na academia ou mesmo na rua, e depois ainda resistir à tentação de comer um cachorro quente no capricho e tomar uma coca-cola geladinha ao final das seqüências.

Claro que sempre há algo que podemos fazer para aumentar as chances de a iniciativa ter sucesso - e é bom lembrar que se não for contínua, a nova rotina não alcançará nenhum resultado positivo. Assim, após consultar um médico, fisioterapeuta ou professor de educação física para identificar qual o melhor exercício para o seu caso, veja abaixo o que você pode fazer para aumentar as chances de o hábito "pegar".

Como gostar de fazer exercícios

Exceto no caso das pessoas extremamente disciplinadas, o hábito de fazer exercícios só vai "pegar" se você der um jeito de gostar do que faz. Eu gosto de pedalar, então tendo a recorrer a este tipo de exercício. Outras pessoas gostam de nadar, ou de correr, e podem aproveitar essa preferência para dar o pontapé inicial no novo hábito.

Mas mesmo se você não gosta de nenhum exercício em particular, as 13 dicas do artigo 13 Tips to Actually Enjoy Exercising podem lhe ajudar a gostar da nova rotina. Vamos discutir algumas delas:

  • Crie o hábito: nas primeiras semanas, você precisa se obrigar a cumprir um programa estabelecido: segunda, quarta e sexta, em tal horário, você estará correndo por 50 minutos, não importa se chove ou faz sol. Depois de o hábito estar estabelecido, você pode flexibilizar - mas se flexibilizar muito cedo, aumenta muito o risco de abandonar a rotina.
  • Encontre um colega: Ao combinar de fazer exercícios com mais pessoas, a motivação aumenta, ocorre o apoio mútuo, e fica bem menos tedioso, especialmente no início. Mas escolha bem, caso contrário o tiro pode sair pela culatra!
  • Fixe metas: Mas não as baseie no resultado (como o nível de perda de peso ou de ganho de músculos, por exemplo), e sim no processo em si: quantas vezes por semana praticar, quanto tempo correr, quantos quilômetros percorrer, quanto peso erguer, etc. Estabeleça recompensas para si próprio ao alcançar as metas. As metas estimulam a prosseguir, e você logo estará concorrendo contra si mesmo, de maneira positiva, para quebrar seus índices anteriores.
  • Registre indicadores: Não adianta ter metas se você não registrar seus resultados diários. Anote tudo sempre, de preferência no mesmo papel (ou planilha) em que registrou quais são as metas.
  • Defina o nível certo: Não se exercite tanto a ponto de se prejudicar, e nem fique em um nível fácil demais. Como em qualquer sistema de motivação, as metas devem ser desafiadoras, mas alcançáveis. Vá elevando-as ao longo do tempo, sem pressa para chegar ao nível olímpico ;-)
  • Varie: não desista de fazer exercícios só porque você não suporta a academia. Troque de academia, pratique um esporte, experimente algo ao ar livre, em equipe, com equipamentos... Há muitas opções.
  • Equipamentos são recompensas: Não compre os melhores equipamentos logo na primeira semana. Se você tem os recursos para comprá-los, comece com os que já tiver à mão, e combine consigo mesmo ir comprando os melhores conforme for superando determinadas metas. Você irá perceber que dá mais vontade de alcançar logo a marca de 12km diários para "poder" comprar o ténis novo, ou um MP3 player especial para esportistas.
  • Crie o tempo: é muito fácil encontrar desculpas para não ter tempo de fazer exercícios. Você precisa definir suas prioridades e viver de acordo com elas!

Eu já precisei perder 12kg, e consegui me livrar deles em 3 meses e meio com base principalmente em bicicleta e skate. O velocímetro da bicicleta acabou se tornando um grande adversário que eu precisava vencer todos os dias, e ter metas diárias e semanais de percurso e de ganho em desempenho ajudou bastante.

Isso foi há alguns anos, e hoje estou precisando perder peso de novo, o que acabou me levando a escrever este artigo. Mas prometi a mim mesmo que só o escreveria após colocar a bicicleta em condições de uso, e já o fiz ;-) Se eu conseguir me motivar a prosseguir, depois atualizo vocês sobre os progressos.

E você? Quais as suas dicas para manter a motivação do hábito de se exercitar para perder peso?

Comentar

Comentários arquivados