Convencendo o leitor: Como escrever de forma persuasiva

Não importa se você escreve em blogs, relatórios de desempenho, trabalhos de aula ou onde for: você precisa persuadir, que significa convencer o leitor de que você está certo.

Ao escrever bem e de forma persuasiva, você pretende formar ou mudar a opinião de alguém sobre os assuntos que você irá abordar. Se você dispõe de fatos, indicadores e estatísticas, tudo fica mais fácil, mas mesmo em questões de opinião é possível persuadir, se você dominar as técnicas.

E é claro que não existe um único conjunto de métodos que possa ser transmitido aqui e transforme qualquer leitor em um escritor persuasivo. Mas existem algumas técnicas simples que podem ajudar a sua tarefa de convencimento, como as mencionadas no artigo "Persuasive Writing for Students, Webmasters, Bloggers, and Everyone Else".

Vamos a elas:

  • Seja sucinto: sucinto não é sinônimo de curto. Escreva quanto for necessário, mas remova toda linguagem desnecessária. Concentre-se nos seus substantivos e verbos, e economize advérbios e adjetivos.
  • Seja assertivo: deixe claro que você assume inteiramente a validade daquilo que está declarando. Não pergunte, afirme. Remova as reticências e substitua por declarações.
  • Deixe o texto amadurecer: aguarde o tempo que for necessário entre terminar a versão inicial e iniciar o processo de revisão. E revise até estar satisfeito com a qualidade do produto final. Só aí publique.
  • Una a razão e a emoção: apresente sua opinião sobre a situação atual, mas também faça propostas.
  • Mantenha a simplicidade: se você quer convencer, precisa ser entendido. Escreva na ordem direta, evite palavras difíceis, e reescreva seus parágrafos até que eles fiquem suficientemente encadeados de forma lógica.

Leia também:

Comentar

Comentários arquivados