Comprar notebook: 2 modelos abaixo de R$ 1800, e 5 abaixo de R$ 2500 - com nota e garantia

Os notebooks no Brasil estão cada vez mais baratos, e hoje já é possível comprar um notebook via Internet e recebê-lo em sua casa, com nota fiscal e 1 ano de garantia, por menos de R$ 1800.

Leia também: Notebooks: 5 modelos por menos de R$ 1500 - com nota e garantia.

Há algum tempo venho sentindo a necessidade de fazer uma versão atualizada de um dos artigos mais acessados diariamente no Efetividade.net, cujo título era "Comprar notebook - veja 10 opções de laptops baratos selecionados pelo Efetividade.net", escrito há alguns meses para comparar vários modelos que estavam disponíveis no mercado oficial na época.

O artigo de hoje é mais modesto: desta vez eu trouxe apenas 5 modelos, um de cada marca, com as mais variadas configurações - mas todos entre os mais baratos de suas respectivas marcas. Os dados sobre cada modelo são providos pelo fornecedor, mas quando possível eu acrescentei comentários pessoais meus (para os modelos que tive oportunidade de testar ou conhecer) ou de seus usuários.

Critérios objetivos

Todos os 5 laptops apresentados abaixo estão aptos ao uso pessoal comum: navegar na Internet, digitar textos, planilhas, e-mail, comunicadores instantâneos, ouvir MP3, etc. Os 5 modelos apresentados têm suporte a wireless e também a rede local (ethernet 10/100). A maioria tem processador Intel (Pentium M ou Celeron M), 256MB de RAM e HD de 40GB (com uma exceção em cada um destes itens), e todos também tem leitor/gravador de CD e leitor de DVD. A única exceção é o modelo da Amazon, que está no limite superior da faixa de preços deste comparativo, e tem gravador de DVD também.

Os pesos do conjunto e seus tamanhos de tela seguem a curva usual: notebooks com tela de 14,1" pesam menos, e os de 15" pesam mais - com o modelo da Acer ficando em um equilíbrio interessante. Todos os modelos têm garantia de 12 meses.

Veja abaixo o detalhamento dos 5 modelos selecionados, e compare com base em seus critérios preferidos. Use os links para pesquisar os preços de cada modelo:

  • 15.4", 3kg: HP Pavilion dv6110 - AMD Sempron 3400 1.8GHz, 256MB, HD40GB, DVD/CD-RW, XP Home, vídeo NVIDIA GeForce Go6150
  • 15",2,7kg: Amazon AL-51-P - Pentium 1.7M, 512MB, HD40GB, DVD-RW, Linux
  • 15", 2,6kg: Acer 3692LCI - Intel Celeron M 1.6GHz, 256MB, HD60GB, DVD/CD-RW, Windows Starter Edition
  • 14.1", 2,4kg: Notebook CCE - Intel Celeron M 1.46GHz, 256MB, HD40GB, DVD/CD-RW, Linux
  • 14.1", 2,6kg: ECS 557S - Intel Celeron M 380 1.6GHz, 256MB, HD 40GB, DVD/CD-RW, Linux

Comparando as configurações

Não posso afirmar qual a melhor opção, pois cada pessoa tem seu critério: para uns o peso conta mais, para outros a grande questão é o tamanho da tela, ou mesmo a capacidade de gravar DVD. Mas posso começar o debate apontando alguns diferenciais.

O modelo da HP é o Pavilion dv6110br, que (além da marca HP) tem um diferencial em relação aos demais da lista: é um modelo claramente voltado às aplicações de multimídia doméstica, incluindo áudio e vídeo. Por isto, tem caixas de som Altec Lansing e placa de vídeo NVidia GeForce. Vários modelos das séries DV da HP trazem embutido um controle remoto sem fio, que pode ser guardado na porta PCMCIA e serve para controlar seus vídeos e apresentações - um amigo comprou um DV6110 e recebeu este brinde, mas não posso confirmar se o modelo à venda no Submarino traz esta vantagem extra.

O notebook AL-51-P da Amazon está no limite superior da nossa faixa de preço, mas tem algumas vantagens em relação a todos os demais: processador Pentium M, 512MB de RAM e capacidade de gravar DVDs. Já o Acer 3692LCI tem a seu favor o melhor equilíbrio entre peso e tamanho de tela.

Já o modelo da ECS merece atenção especial: encontrei comentários muito positivos sobre ele, mas também muitos comentários negativos. Sobre este modelo em particular, consta que há alta incidência de problemas com o HD e sua configuração.

Aos entusiastas do Linux, um alerta: diversos notebooks brasileiros com Linux trazem distribuições antigas ou mal configuradas. Não assuma que você poderá utilizar seu notebook com o Linux que veio instalado nele - em muitos casos, é mais fácil fazer uma nova instalação - antes de comprar, tente verificar a compatibilidade com sua distribuição favorita.

Melhorando a usabilidade

Se você está escolhendo seu notebook pelo preço, pode compensar já começar a pesquisar preços de uma expansão de memória (512MB de RAM permitem razoável conforto, e 1GB geralmente é uma folga luxuosa), de uma boa mochila de notebook, ou de um mouse óptico sem fio - eu uso, e o ganho em conforto vale cada centavo.

Outra boa idéia é um access point portátil para redes Wi-Fi - comece lendo nossas análises do D-Link DWL-G730AP (que pesa apenas 50g) e do Linksys WRT54GC, que também serve como switch para sua rede local.

Sua vez

Eu já comprei notebooks via Internet, sem maiores dificuldades, mas recomendo que você pesquise no comércio local antes de fechar negócio: às vezes há ofertas mais baratas.

Todos os links acima são do Submarino, do qual sou afiliado. Mas se você comprou notebooks via Internet, com nota fiscal e garantia de 1 ano, e pagou menos de R$ 2500, os leitores do Efetividade.net vão ter interesse em conhecer sua experiência. Compartilhe dicas e referências nos comentários!

Comentar

Comentários arquivados